7 de abr de 2018

Resenha: A Droga da Obediência


Resenha: A Droga da Obediência

Oii gente!! Vim trazer mais uma resenha literária para vocês!! Recentemente comecei a ler a série de livros dos Karas, já li a Droga do Amor (mas não fiz resenha), agora terminei de ler esse e depois vou começar a ler outro. Espero conseguir ler todos.

O autor é o Pedro Bandeira e o livro é bem juvenil, com certeza, se você foi jovem na década passada já leu algum livro dessa série. São 134 páginas (alguns livros tem menos páginas), e é uma leitura bem fácil sem muitas palavras difíceis para atrapalhar o entendimento. Eu sou péssima para entender palavras mais complicadas, se o livro for assim eu nem consigo ler. 

Resenha: A Droga da Obediência

O grupo ''Os Karas'' é formado por 4 jovens: Miguel, Calu, Magri e Crânio, porém um novo integrante passa a compor o grupo; Chumbinho. A missão deles é investigar tudo que acontecesse de estranho na cidade. 
Os Karas estudam no colégio Elite, uma escola que mantêm uma conduta bem diferente das outras. As regras do colégio são estabelecidas pelos próprios alunos. Por isso o colégio acaba se tornando referência. Mas algo muito estranho acaba acontecendo, vários jovens de diversas escolas de São Paulo, incluindo do colégio Elite foram sequestrados misteriosamente. Mais um caso para Os Karas resolverem. Os 5 então resolveram se dissolver para cada um procurar por mais pistas e assim ser mais fácil juntar todas e descobrir quem está por trás dos sequestros e porque estavam sequestrando somente jovens estudantes.

Resenha: A Droga da Obediência

Enquanto Chumbinho buscava por mais pistas (falsas, por sinal. Ninguém do grupo queria a entrada desse novo ''integrante'', por isso fingiram ter aceitá-lo), acabou descobrindo quem estava por trás do sequestro no Elite, mas infelizmente foi induzido tomar uma pílula, porém Chumbinho simplesmente fingiu tomá-la para que pudesse ser levado para o esconderijo do sequestrador. Ele acabou descobrindo que a pílula era uma droga que deixavam os jovens sem reação, sem vontade própria e obedientes a todo comando dado. Essa tal droga era a Droga da Obediência

Depois de Chumbinho, o outro sequestrado foi Miguel, que acabou descobrindo quem estava por trás da crianção dessa droga, era o Doutor Q.I.
Porém para sair do laboratório da Pain Control onde eram colocados, os dois Karas tiveram que passar por diversas situações e para isso tiveram a ajuda do bioquímico Mário Caspérides. E do lado de fora, contaram com a ajuda do restante do grupo dos Karas e do detetive Andrade. 

Resenha: A Droga da Obediência

Eu gostei bastante do livro, me fez lembrar dos livros que lia no fundamental. Uma leitura rápida mas que trás uma questão bem importante  no final do livro, que vai fazer a gente refletir um pouco.
O livro está bem acabadinho, porque peguei na biblioteca municipal, e deve ter anos que está lá, passando de mão em mão. Uma pena, que por conta disso acabou faltando páginas mas nada que atrapalhasse muito no entendimento do livro.

POSTADO POR

23 comentários:

  1. Uaaau! Eu gostei bastante da história, pela resenha parece ser um bom livro. Eu gosto de livros assim juvenis e com essa temática. E acredita que nunca li Pedro Bandeira? Quero muito!
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comecei a ler os livros desse autor só agora. Nunca tinha ouvido falar dele pra ser sincera. Gosto muito de livros juvenis, daqueles bem clichês mesmo haha!

      Beijos

      Excluir
  2. Eu já li esse e gostei bastante, não li quando era criança. Acho que foi em um desafio literário onde o tema era infantojuvenil!

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros do Pedro Bandeira são bem legais mesmo. Tô adorando ler a coleção.

      Excluir
  3. Eu li esse livro quando eu estava no sétimo ano do ensino fundamental, eu amei muito sobre o que o livro se trata!
    Um beijo grande e muito GORDO
    www.thaissgalbiero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala de um assunto bem atual, mesmo sendo escrito há um tempinho atrás.

      Beijos

      Excluir
  4. AAAA! Li esse livro na época da escola e surtei de amores. Foi uma das leituras mais gostosas e marcantes daquela fase. Acaba sendo uma super metáfora crítica sobre os sistemas sociais e as problemáticas políticas que vivemos, não é? Uma lindeza! Adorei ver por aqui!

    semquases.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é muito marcante mesmo. Não dava nada por ele, mas ai resolvi dar uma chance e acabei amando!! Beijos

      Excluir
  5. Se não fosse pela resenha eu passaria por esse livro sem sentir interesse em ler, mas curti parece ser bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aconteceu a mesma coisa comigo. Não dava muito por ele não, mas acabei dando uma chance e achei a leitura incrível!

      Beijão

      Excluir
  6. Adorei a resenha. Lembro que li esse livro na época da escola.
    os relatos de uma jornalista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos leitores desse livro leu ele ainda na escola. Você gostou do livro?

      Excluir
  7. Não conhecia, não tinha visto ainda.
    Que bom que gostou do livro.
    http://www.pamlepletier.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem bom de ler. Já estou até lendo outro desse autor!!

      Excluir
  8. Tenho curiosidade de ler os livros do Pedro Bandeira, na época que eu estudava no colégio a prof sempre falava dele.. inclusive esse era um dos citados :)
    Beijos,
    https://blogluanices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros desse autor são sempre falados na escola mesmo. Só agora que tive curiosidade pra ler mesmo!

      Beijos

      Excluir
  9. Li muito Pedro Bandeira enquanto estudava e ao ver sua indicação, senti até uma certa nostalgia do período escolar... Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na maioria dos leitores desse autor leem os livros quando estão na escola. Acho que os professores devem indicar por algum motivo. Sabe que também sinto um pouco de saudades da escola, olha que nem tem 3 anos que terminei os estudos.

      Tenha um ótimo dia também!!
      Beijos

      Excluir
  10. Eu não sou lá muito fã do gênero, mas sabe que esse livro me deixou a fim de lê-lo? Vou procurar!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  11. nossa que saudade dos Karas! eu li td essa serie deles na infancia e amava demais!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  12. Oi Thay!
    Te marquei em um post lá no Paraíso Pessoal, vem ver!
    http://www.paraisopessoal.com/2018/04/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir
  13. Os Karas foram "amigos fiéis" que tive no início da adolescência e que fiz questão de revisitar algumas vezes depois disso. Uns anos atrás, no lançamento de "A Droga da Amizade" - que achei imensamente inferior aos outros - eu conheci o Pedro Bandeira e pude agradecê-lo pelos livros e tudo mais. É um AMOR de pessoa!
    Meu favorito é "A Droga do Amor" e acho "O Anjo da Morte" super impactante, mas "A Droga da Obediência" tem um lugarzinho especial no meu coração... É o primeiro, tem essa crítica fortíssima à ditadura feita de forma tão sutil que conseguiu ser publicado mesmo na época. Eita homem genial!
    Crânio e Magrí são meus favoritos (e um casalzinho muito querido, hahaha)!

    ResponderExcluir
  14. Nossa sua resenha literária me deixou muito curiosa para saber do fim dessa história.
    Adorei meninas ♥

    https://meuladojujuba.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo(a)!

♥ Nos conte o que você achou da postagem ou do nosso blog.
Pode dar sugestões, ideias, temas.

♥ Deixe o link do seu blog pra visitarmos.

Volte sempre e obrigada pela visita!